Como criar uma experiência perfeita no ponto de venda: 4 novidades tecnológicas para usar em sua loja física

Experiência perfeita Ponto de venda

Se você trabalha no varejo, já deve ter ouvido falar em sinalização digital. Esse conceito, que consiste em uma rede de telas controladas remotamente, mostrando conteúdos como imagens, vídeos, texto, posts de mídias sociais, dentre outros, tem servido para melhorar a experiência dos clientes nas lojas físicas.

O problema é que só a sinalização digital não é mais suficiente, e cada vez mais os consumidores buscam maneiras não só de receber informação, como de ter uma experiência interativa com a tecnologia.

Por isso, a sinalização digital foi incorporando outros recursos. São serviços e produtos como reconhecimento facial, beacons, sensores e RFID. Conheça um pouco de cada um deles neste post.

RFID

A identificação por radiofrequência (radio-frequency identification, ou RFID) usa campos de radiofrequência para transmitir dados de uma etiqueta para um leitor. O objetivo é identificar a localização de determinado objeto, ou até mesmo de pessoas ou animais. As etiquetas também podem ser usadas como um sensor que fornece informações sobre as condições do objeto.

No varejo, tem sido usado para controle de estoque, mas também para fazer análises, oferecer uma experiência de compra personalizada, dentre outras possibilidades sobre as quais falamos com mais detalhes no artigo As tendências e o uso do RFID no varejo.

Sensores

Sensores ajudam a identificar a presença, a temperatura, o movimento dentre outras ações dos compradores, oferecendo uma experiência de acordo com essas características. Lojas de celular, por exemplo, usam sensores para mostrar informações quando um visitante tira um dos telefones da prateleira. Também pode detectar o ar condicionado quente ou gelado em um restaurante, oferecendo produtos de acordo com a temperatura.

Falamos com mais detalhes sobre isso no post Lift and learn: conheça os benefícios dessa tecnologia, que fala de um tipo de sensor bastante usado em pontos de venda.

Reconhecimento facial

Como o próprio nome diz, o reconhecimento facial consiste em reconhecer a pessoa a partir de uma imagem do rosto dela. A ferramenta, que já é usada na marcação de fotos em redes sociais como o Facebook, chegou também ao varejo.

Em lojas físicas, o reconhecimento facial permite observar informações precisas. A reação de um visitante ao olhar um produto, por exemplo, permite analisar se a promoção faz sucesso. Também reconhece gênero, perfil, faixa etária, dentre outras características, personalizando o conteúdo.

Leia mais sobre o tema no post Como o reconhecimento facial está revolucionando a experiência dos clientes nos pontos de venda.

Beacons

Os Beacons funcionam somente em celulares com sistema Android e que estejam com o Bluetooth ligado, o que confere a essa tecnologia 10% de assertividade. São pequenos dispositivos que transmitem sinais para celulares que estão nas redondezas.

Então, uma variedade de informações pode ser enviada para o telefone de quem visita a loja, com promoções customizadas, descontos e outros dados.

Para saber mais, leia: Como aumentar as vendas em sua loja usando Beacons.

Se você ficou interessado nessas novidades, saiba que também pode utilizá-las em seu ponto de venda. Você pode contar a VTT, empresa de digitalização do ponto de venda que oferece módulos de reconhecimento facial, beacon e RFID. Visite o site, conheça nossos cases e saiba como podemos transformar sua loja física!

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *