Como o reconhecimento facial está revolucionando a experiência dos clientes nos pontos de venda

Como o reconhecimento facial está revolucionando a experiência dos clientes nos pontos de venda

Temos falando aqui no blog sobre diversas tendências que têm mudado a cara dos pontos de venda. Novidades como RFID, Beacons e lift and learn atraem os consumidores para lojas que oferecem uma experiência que integra mundo real e virtual — o chamado omnichannel. Dentre elas, uma ferramenta que tem sido usada é o reconhecimento facial.

O que é reconhecimento facial

Como o próprio nome diz, o reconhecimento facial consiste em reconhecer a pessoa a partir de uma imagem do rosto dela. A ferramenta, que já é usada na marcação de fotos em redes sociais como o Facebook, chegou também ao varejo.

Em lojas físicas, o reconhecimento facial permite observar informações precisas. A reação de um visitante ao olhar um produto, por exemplo, permite analisar se a promoção faz sucesso.

Também pode ajudar na organização da loja em horários de pico. Desistir de uma compra ao olhar uma fila quilométrica é algo bem comum. Mas, com o reconhecimento facial, pode-se detectar o aumento no movimento e deslocar mais funcionários para o caixa. Ou, indo mais além, usar telas com reconhecimento facial para o pagamento.

Foi o que aconteceu na China, onde a ferramenta tem sido utilizada na rede alimentícia KFC. Os usuários pode fazer o pagamento utilizando o reconhecimento facial, sem tirar a carteira do bolso. O sistema compara a imagem do rosto dos clientes com a foto de suas contas do Alipay para validar o pagamento.

Reconhecimento facial e sinalização digital

Para pontos de venda que já utilizam a sinalização digital, integrá-la com o reconhecimento facial pode trazer ainda mais resultados. Como as telas de digital signage já mostram informações programadas e segmentadas, o reconhecimento facial é uma forma de refinar ainda mais essa segmentação.

Ao reconhecer uma expressão de insatisfação diante de um preço, produto, vitrine etc. a loja pode mudar para ofertas que agradam esse público. São inúmeras as informações que podem ser detectadas aliando digital signage e reconhecimento facial. Com esses dados, pode-se melhorar cada vez mais a experiência dos clientes no ponto de venda, vendendo mais e fidelizando a clientela.

Esse é um bom exemplo de como você pode usar cada vez mais a tecnologia a favor da sua empresa. Para conhecer outras maneiras de digitalizar seu ponto de venda e atrair mais clientes, visite o site da VTT, empresa que é referência em digitalização do ponto de venda no Brasil.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *