fbpx
  • (11) 5180-7100
  • contato@vtt.com.br
Español English
digitalização no PDV

A crise causada pela pandemia vem mudando os hábitos de consumo, exigindo alterações nos modelos de negócio. 

Com a retomada gradual da economia em todo o mundo, a digitalização no PDV pode ser uma das soluções para colocar seu varejo em uma melhor posição para experimentar um aumento de produtividade e de vendas em meio às adaptações necessárias daqui para frente.  

Preparar seu negócio para este novo cenário, onde o customer experience tem papel essencial, é imprescindível e este artigo tem informações que vão te ajudar. Confira! 

O desafio do CX no momento atual 

Preparar o caminho a ser trilhado pelas empresas dentro do novo contexto não é nada fácil, já que a situação muda de semana para semana, de região para região e, assim, tendências observadas no consumidor hoje podem não se manter a médio ou longo prazo. 

Ficar paralisado, sem buscar alternativas não é uma saída. Por outro lado, investir em estratégias equivocadas não permitirá obter espaço no mercado ainda mais competitivo. 

De acordo com dados da Prática de Customer Experience da McKinsey, trabalho que reúne lideranças globais para discussão sobre o CX, existem três prioridades que definirão a experiência do customer experience no mundo pós-pandemia: excelência digital, interação segura (sem contato físico) e insights dinâmicos sobre o cliente.  

A boa notícia é que a digitalização do PDV é uma resposta eficiente para atender os novos objetivos e necessidades de negócio, considerando as prioridades acima, essenciais para o customer experience! 

Mudanças já identificadas no comportamento do consumidor 

A primeira mudança percebida com a chegada da pandemia é a redução de gastos por parte dos consumidores, em função de perda de postos trabalho e da ideia de que é preciso poupar, no caso da crise se estender – a exceção fica por conta do crescimento em necessidades básicas como supermercado, por exemplo. 

Além disso, percebe-se uma diminuição do tráfego em lojas de varejo e a dependência por canais digitais

Outro ponto muito relevante é que os consumidores estão preocupados com sua segurança, exigindo das empresas, especialmente as que atuam no varejo, protocolos claros e rígidos para proteção – item essencial no CX atualmente. 

Muitos já atenderam a essa demanda. Supermercados e bancos, por exemplo, criaram horário especial para atendimento a idosos, enquanto lojas passaram a controlar a entrada de pessoas, evitando aglomeração e aprimorando o customer experience de seus clientes que, como vimos, atualmente deseja entrar no ponto de venda e manter a distância de outras pessoas. 

Essas organizações perceberam, e demonstraram ao seu público, que se adaptaram à nova realidade e, certamente, seus consumidores se sentirão mais seguros para frequentar suas lojas físicas.  

Digitalização no PDV tem papel essencial diante das novas prioridades de CX 

Ainda segundo a McKinsey, mesmo havendo mudanças e temor em relação à Covid-19, as pessoas desejam retomar suas interações.  

Isso significa que, por mais que os canais digitais sejam essenciais –  exigindo uma  estratégia omnichannel -, as pessoas querem ir até as lojas. Não só para comprar, mas também para sair de casa. 

Assim, tecnologias contactless ganharam ainda mais espaço. Nesse cenário, contar com soluções inovadoras de players especializadas em digitalização no PDV, como as da VTT, é essencial para a necessária adequação do varejo às exigências de segurança sanitária e da transformação digital ao mesmo tempo.  

É o caso da solução voltada ao controle de acesso, desenvolvida pela equipe VTT: o e-Line, que utiliza sensores para fazer o controle automático de acesso dos clientes na loja, contabilizando o número de pessoas que entram ou saem do estabelecimento. 

Painéis indicam se o acesso está liberado ou se é preciso aguardar para acessar as dependências do estabelecimento, mantendo o fluxo dos clientes organizado e de acordo com as regras. Além disso, o sistema permite a exibição de conteúdos promocionais e informativos variados. 

Dessa forma, mesmo que o controle de acesso deixe de ser necessário futuramente, a infraestrutura pode continuar sendo utilizada como suporte para estratégias de marketing digital. 

No entanto, enquanto a distância entre pessoas continua a ser vista como item essencial para uma boa experiência do cliente (CX), soluções que permitem aos consumidores menos interações face a face com os funcionários, contribuem para o distanciamento social e reduzem o número de funcionários em um mesmo ambiente – o que diminui os riscos à segurança de clientes e equipes. 

Estabelecer esse tipo de experiência sem contato oferece às empresas a capacidade de atender às preferências dos consumidores de forma segura e eficaz – no caso, a interação segura, exigidas por grande parte dos consumidores nos dias atuais. 

Digitalização no PDV proporciona melhor customer experience 

Mesmo com a adoção dos mais rígidos protocolos de proteção, que seguem as medidas sanitárias sugeridas por instituições como a Organização Mundial da Saúde, é possível manter seu PDV interativo e atraente para proporcionar um bom customer experience. 

Soluções como o VTSing Experience permitem acesso a dados detalhados dos produtos, por meio de smatphone, inclusive enviando dicas de itens relacionados.  

Também captam informações dos consumidores que entram no ponto de venda, identificando seu perfil por meio de detecção facial ou sensores de sugestões por aproximação, e mostrando ofertas personalizadas nas telas das lojas ou nos smartphones – tudo isso, sem toque e com segurança. 

Ao oferecer informações relevantes e ofertas personalizadas, o consumidor permanece mais tempo no PDV e é estimulado a comprar mais.  

Uma das novidades em digitalização no ponto de venda que atende bem o perfil do consumidor atual é o i-Learn. Desenvolvido pela equipe da VTT, ele é totalmente interativo e sem toque, proporcionando uma série de benefícios, como: 

  • Experiência de compra otimizada, com o suporte da exposição de informações extras sobre o produto em um formato intuitivo e moderno; 
  • Mais informações do produto, aumentando o estímulo para cross-sell e up-sell – bem como as oportunidades de vendas; 
  • Obtenção de dados estratégicos sobre tendências e hábitos de consumo de seus clientes, o que pode tornar suas campanhas de vendas cada vez mais personalizadas, eficazes e efetivas. 

É hora de apostar na digitalização no PDV 

À medida que a tecnologia para digitalização no PDV continua a evoluir – tornando-se mais acessível, inteligente e essencial às principais operações de negócios – as empresas terão cada vez mais recursos disponíveis para oferecer um ambiente que entrega não apenas os produtos que os clientes desejam, mas também de customer experience ideal. 

Inclusive, adequando-se às novas prioridades do consumidor que deseja, sim, ir até sua loja. Mas para isso, deseja se sentir seguro e ser surpreendido com ofertas que atendem seu perfil. E a melhor forma de unir esses dois itens tão importantes é digitalizando seu PDV com o apoio de especialistas, como o time VTT. 

Comece já a digitalização no ponto de venda de sua empresa: converse com os executivos de negócios da VTT! 

Add Your Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Please enable JavaScript to submit this form.