Tendências do Mercado para Pontos de Vendas para 2018

Mercado para Pontos de Venda 2018

Descubra as Tendências do Mercado para Pontos de Vendas para 2018

Uma tendência do mercado para pontos de venda (PDV) nada mais é do que projetar o futuro de um setor levando em consideração o que é praticado no presente e o que o marcou em um passado recente. É necessário um olhar mais criterioso, ousado e livre de qualquer limitação. Quando falamos de Pontos de Vendas a inovação tecnológica é uma das grandes tendências pensadas.

Pesquisamos o que estará em alta no setor e preparamos um post com quatro dessas tendências para 2018. Descubra quais são.

Coolpon

Esse foi um trocadilho criado fazendo referência ao termo Cool, do inglês “legal/divertido”, e cupom, peça comum no mercado, que utiliza de bonificações para clientes de uma marca. Um bom exemplo é a rede Burger King, que lançou uma campanha para o Halloween 2017 por meio de Coolpons. A marca divulgou que quem for vestido de palhaço em qualquer uma de suas unidades, no dia 31 de outubro – e dia 28 no Brasil – ganha um determinado sanduíche de graça.

A ideia de promover diversão e envolvimento de clientes em Pontos de Venda tendencialmente crescerá para 2018. Além de ganhar mais visibilidade, gerar simpatia e empatia do público fará com que ele procure o PDV de determinada marca como sua principal preferência.

Ponto de Relacionamento

Uma tendência que aumentará em 2018 é troca de “Ponto de Venda” para “Ponto de Relacionamento”. Os vendedores passarão por treinamentos mais especializados, como acontece em lojas da Apple, por exemplo. A ideia é tirar o capuz da marca e mostrar as pessoas que estão ali; É trabalhar o relacionamento com o cliente na hora da venda.

Esse treinamento consiste em aplicar o melhor serviço nos Pontos de Venda, de forma que o cliente adquira o produto sem dúvidas. Para isso, o vendedor terá mais a função de um facilitador do produto.  

Comunicação Visual em novos formatos

O uso de tecnologias como facilitadores do marketing e serviços em Pontos de Venda é algo mais que real. Além de trazer mais praticidade, a forma mais digital de atuar no mercado também deve aumentar os lucros e trazer agilidade no atendimento.

Trazer as redes sociais para dentro do Ponto de Venda permite uma publicidade mais automática da marca. Estamos na era do Facebook, Instagram e Snapchat, onde tudo é instantâneo e saber dominar essa nova maneira de comunicação é essencial.   

O uso do Totem Digital também entra nesta lista. Eles vêm substituindo os banners impressos, assim como o Menu Board Digital já entrou no lugar dos cardápios de papel. Tudo funcionando de forma digital e trazendo mais visibilidade e praticidade para os clientes da empresa.

Varejo Virtual

Não que os Pontos de Venda físicos perderão sua função ou deixarão de existir, mas eles serão potencializados pelas vendas virtuais. Algumas marcas já testam a ideia, mas ela se expandirá ainda mais para o próximo ano.

A ideia é que haja um dispositivo digital que incentive os clientes que estão no Ponto de Venda sobre o consumo virtual seguro. Isso pode ser feito com alerta de promoções exclusivas na loja virtual, por exemplo, ou produtos em pré-lançamento.

Trazendo para o atual mercado, marcas como Adidas e Nike já utilizam esse sistema de Varejo Virtual em seus Pontos de Venda. Determinadas lojas físicas se tornaram pontos híbridos, onde o cliente não precisa deixar de comprar um determinado produto por falta em estoque. Basta ele solicitar em painéis digitais e a compra chega em poucos dias ou até mesmo horas no endereço solicitado.

 

Você já conhecia algumas dessas tendências do mercado de Ponto de Venda para 2018? O que acha de cada uma delas?

Share

Comentários

  1. Obrigado por compartilhar! Eu aprecio o esforço colocado neste site e vai visitar aqui mais vezes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *